Expedition Everest Car: detalhes que fazem a diferença

Olá a todos, hoje falarei sobre o novo CTR car lançado pelo Coasterfreak90, o Expedition Everest Car, que, como mencionado no título do post possui detalhes que fazem toda diferença. Confesso que ao ver a foto usada para divulgação deste CTR tive a impressão de que se tratava de um Mine Train Coaster Car comum e com poucas variações de design. Em outras palavras, um carro que mesmo sendo novo traria pouca inovação, sobretudo, se comparado aos demais CTRs já desenvolvidos para o RCT3.

 

Ainda assim, dois motivos me mantiveram interessado neste CTR. Primeiro, o fato de ser uma criação do Coasterfreak90 que além da extensa lista de ótimos trabalhos realizados, alguns deles destacados no rctdb, recentemente o mesmo nos presenteou com ótimos CFRs, CSOs e CTRs componentes do Europa Park Add-On criado pela PEP-Team. Segundo pelo tema do CTR – Expedition Everest – que, em qualquer situação é instigante. Não é preciso dizer o quanto o Expedition Everest - Legend of the Forbidden Mountain – a famosa coaster instalada no Disney's Animal Kingdom é, para dizer pouco, fantástico. Seja pelo interessante percurso (mostrado nesse vídeo on-ride), seja pelo cenário espetacular e pelos sons e animações, o Expedition Everest é único.

 

 

 

Coasterfreak90s Expedition Everest Car (lassoares-rct3)

 

 

Em suma, mesmo que sem estar entusiasmado considerei que um CTR car criado pelo Coasterfreak90 que tem o Expedition Everest como inspiração não podia ser deixado de lado, e decidi fazer o download. Já com o RCT3 rodando fiz um rápido traçado e pus o CTR_Everest (nome dado a criação) para funcionar e meu interesse saltou a escala máxima. Que detalhes incríveis! Essa foi a primeira frase dita por mim ao ver o CTR_Everest funcionando, pois o modelo criado por esse designer alemão é incrivelmente similar ao carro da atração real do Disney's Animal Kingdom. Texturas, modelagem, animações e encaixes perfeitos, detalhes que fazem a diferença.

 

Cada detalhe do CTR_Everest me chamava a atenção. Como mencionado, a textura dos carros é ótima, principalmente nas laterais do carro que trazem os escritos e marcas da Expedition Everest real. A modelagem, rica em detalhes, é também digna de elogios, seja pela inúmeras barras de segurança, seja pela cuidadosa inserção da pequena caldeira de trem a vapor colocada no último vagão da coaster, o CTR_Everest é a melhor recriação já feita do Expedition Everest. Veja primeiro as imagens do CTR_Everest.

 

 

 

Coasterfreak90s Expedition Everest Car (lassoares-rct3) II

 

 

Agora as compare com as imagens da atração real, respectivamente, extraídas e adaptadas do site da Disney's Animal Kingdom e do About.com (por Arthur Levine).

 

 

 

Coasterfreak90s Expedition Everest Car (lassoares-rct3) III

 

 

No demais, posso afirmar que o CTR_Everest será muito bem vindo a lista de CTRs para RCT3, seja em um traçado para a Mine Train Coaster que levaria a um uso mais próximo da atração real, seja em um traçado de Wooden Coaster (como mostra a imagem acima) esse CTR car é imperdível. Por falar nisso, é importante lembrar que a criação do Coasterfreak90 não oferece um traçado definido, assim, será preciso usar o CTR_Creator (preferencialmente o V0.85) para instalá-lo. Para tanto, fique atento aos seguintes passos:

 

1. Abra esse post e leia atentamente o passo 1 para visualizar as primeiras ações para uso do CTR_Creator.

 

2. Baixe o CTR_Everest do Coasterfreak90. Extraia o arquivo Coasterfreak90s Expedition Everest Car e visualizará o arquivo CTR_Everest, o mesma deverá ser igualmente extraído, quando finalmente se verá a pasta CTR_Everest. Esta pasta deverá ser copiada e colada na pasta Cars\TrackedRideCars.

 

3. Abra a pasta do CTR_Creator e encontre o documento de texto (.txt) CTR_BahnDaten_Example_Beginner. Abra este documento e siga as instruções:

 

a) Onde se lê CTR Example Beginner (no item RideName) substitua pelo nome do ride, neste caso, CTR_Everest.

 

b) Onde se lê This is an example text for the ride description (no item RideDescription) substitua por uma informação qualquer que descreva o ride. Use poucas palavras.

 

c) Não mude os itens RideIcon e RideCategory.

 

d) Onde se lê SpinningWildMouse, Kart, Giga, CheshireCat (no item CarTypeName) substitua pelo nome do carro do ride, neste caso, CTR_Everest.

 

e) Onde se lê TrackType e TrackSectionName substitua pela tipo de traçado e pelas seções de traçado escolhidas. Para tanto sem fechar o arquivo vá a pasta do CTR_Creator e encontre o documento de texto (.txt) List_of_all_TrackSections_(with_AddOns)_V6. Neste documento você encontrará o TrackType e TrackSectionName de todos traçados originais do RCT3. Assim, copie o TrackType, por exemplo Track23 – usado para Mine Train ou Track21 – usado para Wooden Coaster, e substitua pelo TrackType do documento em uso. Faça o mesmo com os TrackSectionName, isto é, copie todos as linhas das seções de traçado e do TrackType escolhido e cole no documento em uso. Com isso, você terá substituído os itens TrackType e TrackSectionName antes definidos no CTR_BahnDaten_Example_Beginner pelos novos parâmetros escolhidos.

 

f) Escolha “Salvar como”, selecione a pasta do CTR_Creator e defina um nome para o documento de texto (.txt) reformulado. Vale lembrar que o nome do documento deverá, em qualquer hipótese, manter o trecho CTR_BahnDaten_, por exemplo: CTR_BahnDaten_CTREverest. Outro detalhe, não use espaço entre as palavras.

 

4. Abra o CTR_Creator e antes de qualquer ação, configure as opções destacadas no passo 4 e suas notas no post antes citado. Na sequencia clique em GUI for CTR_BahnDaten (canto inferior esquerdo do CTR_Creator). Neste momento uma nova janela se abrirá (CTR_Creator Assistent). Na nova janela vá ao menu superior e clique na aba Open Ride. Nesse momento, outra janela surgirá para que você localize e abra o documento de texto (.txt) alterado no Passo 3. Selecione o mesmo e clique em OK.

 

Depois de alguns segundos as configurações antes modificadas no documento de texto (.txt) aparecerão na tela do CTR_Creator Assistent, verifique se está tudo OK e e clique (na aba superior) em Create Ride (*.ovl). Neste momento, uma pequena janela (Ordnername) se abrirá trazendo um nome aleatório. Substitua este nome pelo exato nome do ride criado, neste caso: CTR_Everest.

Depois de clicar em OK, uma nova janela chamada Install/Unistall CTRs se abrirá. Na parte esquerda da mesma (Please choose a folder) existirá uma lista de pastas, selecione a pasta criada na etapa anterior (CTR_Everest) – e clique em Install CTR-Folder. Uma mensagem afirmando que o CTR foi instado aparecerá e pronto a pasta do CTR deverá estar na tracks\TrackedRides do RCT3. Feche tudo e rode o RCT3 para testar o CTR_Everest do Coasterfreak90 no traçado escolhido.

 

Vale lembrar que o processo destacado é indicado para aqueles que ainda não estão habituados com o CTR_Creator, portanto é preciso destacar 2 rápidos comentários. Primeiro, para ver os passos citados com mais detalhes leiam o post destacado, nele há imagens que ajudarão. Segundo, existe outra forma de instalar os CTRs cars, sendo assim, caso considerem esse caminho muito longo e detalhado me escrevam e farei um post com um vídeo tutorial demonstrando o passo a passo das duas opções.

 

Para finalizar, deixo uma última imagem do CTR_Everest do Coasterfreak90 e espero que aproveitem. Não posso esquecer de parabenizar publicamente o Coasterfreak90, afinal, ele nos deu uma prova real de que os detalhes que fazem a diferença entre um CTR e um excelente CTR.

 

 

 

Coasterfreak90s Expedition Everest Car (lassoares-rct3) IV

 

 

Até a próxima.

 

Lassoares Nov./2011.

2 comentários:

Leandro M. disse...

tem como fazer a mesma mr voltar por outro trilho ( igual a everest , só que fazer só uma pista)

Lassoares disse...

Leandro M.: que eu saiba não, pois o problema é a volta, não existe traçado de ré, ou seja, mesmo que o carro chegue ao topo e retorne não há como desvia-lo por outro traçado. Nesse caso vc teria que fazer o retorno em uma curva e voltar por cima do anterior, mas daí não seria igual a Expedition Everest. Até mais!

Postar um comentário

Lassoares-rct3

ANO IV