Enciclopédia RCT3: Floorless Roller Coaster

Enciclopédia RCT3 LogoÉ isso aí senhoras e senhores, esse é o post inaugural da Enciclopédia RCT3, um post elaborado com o objetivo de descrever os inúmeros elementos presentes no RCT3. Vale lembrar, como mencionei no post anterior, que o Enciclopédia RCT3 pretende ser um post comunitário, ou seja, preparado e enviado por aqueles que curtam RCT3 e que igualmente gostem de navegar pelo blog, portanto, sempre que desejarem comentem o post e deixem o e-mail para contato que depois respondei dizendo como vocês podem participar, conto com a ajuda de todos.

Bom, o primeiro item da Enciclopédia RCT3 será a Floorless Roller Coaster. Então vamos a ela:

kraken1 Floorless Roller Coaster: a tradução mais direta seria montanha-russa sentada sem piso, ou seja, uma coaster em que os passageiros podem mexer suas pernas ficando o mais perto possível dos trilhos. Nessa coaster os passageiros vão sentados e os carros ficam em cima dos trilhos, dessa forma, o maior atrativo da Floorless é propiciar o movimento das pernas dando uma maior sensação de proximidade em relação ao traçado. A Bolliger & Mabillard é a primeira orgulhosa empresa fabricante desse modelo de coaster. Como a mesma empresa cita em seu site: a Floorless é uma “nova geração de montanhas-russas sentadas com os pés pendurados perto dos trilhos”. E eles estão cobertos de razão, pois sem dúvida a floorless é diferenciada, “uma nova geração” que permite uma sensação única.

A primeira Floorless foi construída no Six Flags Great Adventure em Jackson (EUA) em 1999. Hoje em dia a Bolliger & Mabillard têm incorporado a esse tipo de coaster  uma série de inovações, exemplo disso é o modelo Diving Machine (a ser comentado em outro item da Enciclopédia RCT3) que tem como maior exemplo a Griffon (outro item a ser eleborado).

No RCT3 você encontrará dois modelos de coaster para usar a Floorless, o primeiro é a Extended Coaster e o segundo é a própria Floorless Roller Coaster. No primeiro caso, é preciso modificar o carro da coaster e lá você encontrará a Floorless como opção dentre outros quatro modelos, já no segundo caso não é preciso fazer nada, afinal o único modelo disponível já é a Floorless. Vale lembrar que a Extended oferece mais opções de traçado, exemplo disso são as peças como o Diving Loop, o Over-Banked Curve e o Zero G Roll, só para citar alguns exemplos que não estão disponíveis no segundo modelo. Ainda assim, peças variadas para fazer inversões, mergulhos e loopings são boas opções de traçado presentes nos dois modelos. Portanto, é uma questão de preferência e de estilo.

É isso, espero que gostem e ajudem a ampliar os tópicos da nova Enciclopédia do blog. Até a próxima.

Lassoares Out/2009

0 comentários:

Postar um comentário

Lassoares-rct3

ANO IV